Escolhendo o fornecedor para o seu casamento

Quando você começou a planejar o casamento, provavelmente não fazia ideia de quanto cada fornecedor iria custar não é? Uma coisa é verdade, casar não é caro, o que é caro (na maioria das vezes) é fazer uma festa! Por isso a importância de escolher com cautela cada fornecedor de casamento que vai tornar o seu casamento dos sonhos uma realidade.

Ao iniciar o planejamento do seu casamento, há muitos fatores, detalhes e decisões a serem tomados ao longo do processo. É muito fácil ficar sobrecarregado(a) com tantos fornecedores de casamento diferentes! Uma das perguntas que quase sempre ouvimos é: como escolher os fornecedores certos para o meu casamento?


1- Defina seu orçamento

Uma das coisas mais importantes a considerar ao escolher um profissional é saber o seu budget. Depois que o orçamento geral estiver definido, faça a lista de convidados (aproveita para baixar a do Lápis). Isso é essencial para que os fornecedores de casamento criem orçamentos para o tamanho certo da festa. Na verdade, essa é a primeira pergunta que eles fazem!


2 – Defina seu estilo

Qual é o seu estilo? Boho, Clássico, Minimalista, Contemporâneo, Fashionista? Não tem ideia? Olha, existe um estilo e tipo de casamento para todos os perfis. É preciso conhecer todos para poder tomar uma decisão de sucesso. Se você ainda estiver na dúvida, dá uma lida neste post super completão que tem todos os tipos e estilos de casamento, com certeza você vai se identificar com um. Ou dois, ou três (e tudo bem!)….

Converse com os fornecedores de casamento que falam a mesma língua e que seguem a mesma linha que vocês decidiram seguir. Se você pedir para, por exemplo, um decorador de casamento que segue a linha clássica para fazer uma decoração bem boho, daquelas usando muito capim dos pampas, mosquitinho e com cadeira pavão na frente de um backdrop com letreiro de neon, pode não dar certo por que ele não vai saber traduzir seu sonho.

Pesquise, analise os diferentes pacotes oferecidos e tenha as suas prioridades. Se você está ansioso por um profissional em específico, um assessor, fotógrafo ou Dj por exemplo que só faz um casamento por dia, dê prioridade.






3 – Pesquise em todos os lugares

Hoje em dia a mídia social também é uma excelente ferramenta para encontrar os fornecedores de casamento ideais. A indústria do casamento tem uma presença enorme no Instagram e a maioria dos fornecedores de casamento agora também tem seus sites cheios de referências, portfólios e boas ideias. Interaja virtualmente, isso otimiza o tempo e é a prática mais aceita por ambos os lados.

Atenção: observe bem as fotos e número de seguidores no Instagram dos profissionais e empresas. Infelizmente muitos usam fotos que não são de seus trabalhos ou compram seguidores para construir uma imagem que não condiz com a realidade. No Instagram e Pinterest do Lápis, por exemplo, só mostramos fotos reais de fornecedores do guia!

Você também poderá pedir dicas para amigos que já casaram. Nessa hora vale perguntar tudo: detalhes sobre o atendimento, a qualidade do serviço, se cumpriram tudo o que estava determinado em contrato, se os amigos tem alguma reclamação ou elogio.


4 – Peça vários orçamentos

O segredo do sucesso é pesquisar bastante antes de fechar qualquer tipo de contrato. Os fornecedores de casamento apresentarão planejamentos e orçamentos variados para o casamento. Nossa sugestão é pedir uns 3 ou 4 para cada tipo de fornecedor.

Na hora de analisar, leve em conta tudo o que o profissional ou empresa oferecem e nao descartem espaços com sistema all inclusive na hora de escolher, pois em muitos casos vale mais à pena fechar pacotes com vários serviços inclusos.


5 – Antecedência é a chave!

Com a pesquisa e com os escolhidos com as datas livres, não perca tempo, é hora de marcar uma reunião e conhecer de pertinho. Esse momento é muito importante, entenda o que cada um oferece e alinhe suas ideias, leve suas referências…Sabe aquela famosa pastinha do Pinterest? Sim, ela mesma, será muito bem vinda nesse momento e atente-se a tudo. A empatia é muito importante aqui!






6 – O custo x benefício

Não descarte o valor do que cada fornecedor está oferecendo simplesmente porque seu preço é maior do que o de outros fornecedores. Saiba analisar o custo benefício de cada um, talvez os fornecedores de casamento estejam oferecendo mais tempo, mais produtos ou recursos adicionais que economizarão tempo e dinheiro mais tarde. Entenda completamente o que eles estão cobrando, e se o pacote num todo é algo que você apreciaria, ás vezes o pacote básico já irá suprir todas as suas necessidades.

Desconfie de valores absurdamente baixos, pois fornecedores de casamento experientes, que oferecem um trabalho de qualidade e não vão te deixar na mão, certamente apresentarão orçamentos coerentes com o projeto. Nunca feche uma contratação sem nem ao menos avaliar se os pacotes de serviços são realmente capazes de atender às suas necessidades no grande dia.


7 – Dê preferência para propostas bem completas

Quanto mais completo for a proposta oferecida pelos fornecedores de casamento, menos gastos e imprevisto os noivos terão. Por exemplo, busque espaços já com serviço de garçom, limpeza, decoração, iluminação e Wallet inclusos. Outro exemplo é na hora de contratar o serviço de decoração de casamento: é preciso perguntar ao profissional sobre todos os itens, separadamente, que fazem parte do serviço prestado e o que você terá que alugar separadamente; o custo do frete, como é a montagem e desmontagem no dia, etc.


8 – Empatia definitivamente conta

Não importa se ela é a empresa mais famosa ou almejada da cidade, se o “santo não bater” com o profissional, continue procurando. Embora na maioria das vezes você não tenha contato constante durante o planejamento com alguns dos seus fornecedores, outros precisarão de muita comunicação. Certifique-se de que você realmente goste de estar perto de seu fotógrafo, assessor ou decorador, isso vai fazer muita diferença e deixará essa jornada muito mais leve.





9 – Analise bem os prazos

Evite contratar empresas que apresentam prazos de entrega em cima da hora. Se acontecer algum imprevisto- e acreditem, acontece muito- vocês vão ficar na mão.

Se a empresa for pequena (como os estúdios que fazem convites para casamento e papelaria) e você perceber que ela aceita encomendas além do que a estrutura dela permite, pode acontecer atrasos e algumas desculpas na entrega. Evite empresas pequenas que fazem mais de um evento por dia.


10 – Escolhido os profissionais, assine um contrato!

Finalmente, antes de assinar na linha pontilhada, revise o contrato com muito cuidado. Estes documentos precisam discriminar absolutamente tudo o que for negociado com os fornecedores de casamento, tá? Leia e analise com calma, tire as as dúvidas com o profissional -e ajuste o que for necessário: os serviços que estão incluídos, valores, possíveis cobranças extras, formas de pagamento, além de data e horário para a entrega de produtos.

Fique atento a quaisquer taxas ocultas ou cobranças de horas extras que possam ser necessárias. Além disso, certifique-se de que todos os detalhes: alimentação, hospedagem, descolamento e a cláusula de cancelamento estejam de acordo com o que você discutiu. Se você falou sobre serviços adicionais fora do seu contrato, peça tudo por escrito antes de assinar.


O COVID-19 E OS CONTRATOS DE FORNECEDORES DE CASAMENTO

Mas como ficam os contratos em tempos de pandemia do COVID-19? Esse é um assunto muito importante e nós não íamos deixar você na mão. Daqui para frente os noivos podem esperar algumas mudanças nos contratos que irão assinar com todos os fornecedores do seu casamento. Ambas as partes vão acrescentar cláusulas que os protejam. Os casais querem ter a segurança de uma eventual devolução do valor pago caso haja algum problema como a pandemia e suas consequências, e os fornecedores querem assegurar seus negócios.

Deixem bem claro situações de como vai funcionar no caso de alterações de datas, se o fornecedor devolve ou não o o valor- ou uma porcentagem dele- caso ele não possa oferecer seus serviços numa nova data, opções para uma equipe B estar prevista no caso de impossibilidade de prestar o serviço no dia (por motivo de doença ou risco de contaminação- por estar em grupo de risco) e outros tipos de casos de força maior. Leia mais sobre as tendências para casamentos em tempos de COVID-19 aqui.


11 – Alinhe suas expectativas e confie na sua escolha

Sempre tenha em mente que todo bom profissional sempre faz de tudo pra atender o seu cliente da melhor maneira possível, então seja honesto com seus fornecedores de casamento sobre o que realmente você espera deles.

Alinhe as expectativas, saiba realmente o que cada fornecedor pode fazer, tenha tudo em contrato e lembre-se que a partir do momento que você escolheu esse profissional, você tem que confiar nele. Um fornecedor que está confiante e feliz nessa parceria, faz o trabalho como se realmente fosse único e especial.


12 – Depois do grande dia

Por fim, se depois do dia do seu casamento você estiver realmente feliz com tudo o que eles fizeram por você (ou não), reserve um tempo para enviar um feedback para cada um deles. Isso tem um valor enorme na construção de uma empresa!